Secretaria Geral

«Estamos a recuperar alguns dos grandes projetos que podem ser diferenciadores para o futuro»

O Ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, afirmou que Portugal pode responder ao «problema urgente de segurança energética» na Europa, graças ao potencial que tem relativamente às energias renováveis e à aposta no porto de Sines.

Num encontro com empresários que teve lugar em Sintra – onde também marcou presença o Primeiro-Ministro, António Costa – o Ministro disse que a «invasão da Ucrânia pela Rússia marcou uma nova idade geopolítica, onde claramente as placas geotectónicas, da geopolítica internacional, estão a mover-se».

«Mas, curiosamente, para o nosso País, devido à sua posição estratégica, estamos a recuperar alguns dos grandes projetos que podem ser diferenciadores para o futuro e o projeto de porto de Sines poderá marcar uma novidade, pondo Sines no mapa das interconexões internacionais», afirmou.

Na última sessão dos encontros «A caminho de Hannover», realizados antes da feira de Hannover, António Costa Silva disse que a «Europa tem um problema urgente de segurança energética, e Portugal tem um potencial imenso a nível de energias renováveis».

«Estamos a receber muitas manifestações de interesse, provavelmente no futuro vamos ter ilhas artificiais afastadas da costa, onde se podem ter projetos de eólica offshore, da energia das ondas com a aquicultura em baixo, e com as novas economias de rede, o que pode ser transformador para o futuro», referiu.

Relativamente à feira de Hannover, em que Portugal participa este ano como País parceiro, o Ministro disse que o certame «vai ser mais uma plataforma para afirmar e consolidar a imagem de Portugal como um País inovador».


in Portal do Governo

2022-05-24

 

 

 

  • Recrutamento
  • Denúncias / Queixas
  • Reserva de espaços
  • Não Paramos. Estamos ON
  • COVID-19
  • Portugal 2020
  • Portugal Digital