Secretaria Geral

Palácio do Manteigueiro

O  palácio onde hoje se encontra o Gabinete do Ministro da Economia e do Mar, localiza-se na Rua da Horta Seca. Esta designação mantém a lembrança rural quinhentista de uma herdade, a Herdade de Santa Catarina, vendida pela viúva de Guedelha Palaçano a D. Luís de Atouguia em 1498. Posteriormente, já em 1502, é fundada neste local a Vila Nova de Andrade, que resulta de um acordo assinado entre os Atouguias e os Andrades. A designação de Horta Seca deve-se ao facto de ao longo do tempo ali terem existido quintas com terras de cultivo.
Com o terramoto de 1755, esta zona da cidade adquire grande notoriedade pela sua proximidade ao Chiado.

O Palácio do Manteigueiro, também chamado de Palácio Condeixa ou Palácio da Horta Seca, remonta a 1787 e resulta de uma encomenda do comerciante Domingos Mendes Dias ao arquiteto Manuel Caetano de Sousa (1742-1802), que fica responsável pelo seu edificado.
Domingos Mendes Dias nasceu em Medeiros, freguesia de São Vicente de Chã, Montalegre, em Trás-os-Montes, no ano de 1730, filho de Domingos Mendes Dias que foi almocreve e vereador do Concelho de Montalegre em 1739 e 1746, respetivamente.
Tinha uma das maiores fortunas do seu tempo e vivia num ambiente de grande riqueza. O palácio era conhecido pela sua opulência decorativa, os tetos tinham sido pintados por Pedro Alexandrino (1730-1810), as portas eram de madeira do Brasil e estavam forradas de damasco. As quatro salas, cada uma da sua cor (branca, vermelha, verde e amarela), eram ornamentadas com tapeçarias, colchas, colgaduras, pratas e mobiliário de grande valor. Os espelhos eram de cristal, de excelente qualidade, com molduras em talha dourada. Ver mais


Manteigueiro 1
 
Manteigueiro 2
 
Manteigueiro 3
 
Manteigueiro 4
 
Atlas 1
 
Atlas 2
 

 

 

 

 

  • Recrutamento
  • Denúncias / Queixas
  • Reserva de espaços
  • Não Paramos. Estamos ON
  • COVID-19
  • Portugal 2020
  • Portugal Digital