Secretaria Geral

Academia Dramática de Coimbra

O antigo Colégio de São Paulo albergou em 1838 a Academia Dramática de Coimbra, tendo sido adaptado e construída, uma sala de espetáculos no pátio do edifício. Por volta de 1888, após demolição, iniciou-se a construção de um novo Teatro pela responsabilidade do arquiteto italiano Nicolau Bigaglia.

O projeto foi interrompido, mas os alicerces iriam servir de base à Faculdade de Letras e, mais tarde, à Biblioteca Geral. O desenho apresenta o corte longitudinal e o pormenor do camarote central do Teatro da Academia Dramática de Coimbra, projetado pelo arquiteto italiano. Este desenho é particularmente interessante pelo pormenor do Camarote ao estilo Scala de Milão, com as cortinas drapeadas.

O arquiteto Nicola Bigaglia nasceu em Veneza e veio para Portugal onde trabalhou em inúmeros projetos dos quais se destacam o Palácio Lima Mayer, na Avenida da Liberdade / Rua do Salitre, que recebeu o primeiro prémio Valmor (1902), e onde hoje está instalado o Consulado de Espanha e cujos jardins constituem atualmente o Parque Mayer; a Casa da Condessa de Edla na Parede (1901); o Palácio Val Flor (1904) e a Casa dos Cedros no Buçaco, em 1899.  

Imagem - fev22
 


Legenda

Nicola Bigaglia,  (1841-1908)

Academia Dramática de Coimbra. - 1 Desenho: a tinta-da-china, aguarelado a preto, em cartolina; 975 X 708 mm. - BIGAGLIA, Nicola (1889)

Biblioteca e Arquivo Histórico da Economia

Secretaria-Geral da Economia


 

  • Recrutamento
  • Reserva de espaços
  • Canal Denúncias
  • Eventos SGE
  • Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental
  • Portugal 2020