Secretaria Geral

Exposição do Mundo Português

O documento abaixo apresentado representa uma parte da área de implantação da Exposição do Mundo Português, que tinha sido já intervencionada no último quartel do séc. XIX, com o aterro da zona ribeirinha de Belém, seguindo o plano geral de melhoramento da cidade adjudicado ao engenheiro Pierre Hersent em 1873.

A área lateral ao Mosteiro dos Jerónimos estava a ser equacionada para a expansão da cidade em moldes racionais e modernos, consubstanciado no Plano Geral de Urbanização da Encosta da Ajuda (1938/1940), da autoria do arquiteto Faria da Costa, depois integrado no Plano Geral de Urbanização de Lisboa, do arquiteto-urbanista de origem polaco-russo Étienne de Groër (que fora mais tarde refugiado de guerra, beneficiado pelos vistos emitidos por Aristides de Sousa Mendes).

Com o pretexto da EMP, foi legislado um programa de expropriações consignadas na legislação dos centenários (Dec. Lei n.º 28797) e, de acordo com o que era necessário para transformar a fisionomia da cidade, foi fundamental para solucionar muitos obstáculos ao Plano de Groer. Assim, em 1939 foram demolidos os quarteirões situados junto ao mosteiro dos Jerónimos, de modo a criar condições para a implantação da Exposição do Mundo Português e simultaneamente executar os planos de urbanização do eixo Belém-Restelo.

Pelo Dec. Lei n.º 29:087 de 28 de outubro de 1938 é nomeada a Comissão Nacional dos Centenários composta por várias secções, uma das quais denominada de Exposição do Mundo Português. O comissariado com a mesma designação era constituído por um comissário geral, Dr. Augusto de Castro, um comissário adjunto, Eng. Sá e Melo e um arquiteto chefe da Exposição, o Arq. Cotinelli Telmo. A executar a obra colaboraram 15 engenheiros, 13 arquitetos, 1000 estucadores e 5000 operários.  

O fundo documental do Comissariado disponível no BAHE é constituído por projetos e esboços, plantas, alçados, cortes, pormenores, respeitante às áreas e aos pavilhões da Exposição do Mundo Português implantada na zona de Belém.

Imagem 1  dezembro
 

Legenda

LISBOA. Zona marginal de Belém. Prova p.b. colada sobre cartão. 620mm x 255mm

BAHE F 8-6-E (col.fot.)

Biblioteca e Arquivo Histórico da Economia

Secretaria-Geral da Economia


Monografia-catálogo que constitui o resultado da investigação realizada sobre a Exposição do Mundo Português, comemorando os 75 anos do evento, para a conceção de uma exposição pensada para o Museu de Arte Popular, que não viria a realizar-se.

A BAHE disponibiliza esta e outras obras sobre o evento, no catálogo on-line

Imagem 2 dezembro
 

Legenda

Exposição do Mundo Português : explicação de um lugar / coord. Margarida Magalhães Ramalho, Margarida Cunha Belém ; textos António Lamas, Margarida Magalhães Ramalho, José Sarmento de Matos, João Paulo Martins, Margarida Cunha Belém, Margarida Acciauoli, Henrique Cayate, Isabel Cottinelli Telmo, Mafalda Ferro, Patrícia Bento de Almeida, Cottinelli Telmo

Publicação: Lisboa : Fundação Centro Cultural de Belém, 2016

Descrição: 160 p. : il., fotogr. ; 27,5 cm

ISBN: 978-972-8944-26-1 (encadernado) : oferta

BAHE 14181

Biblioteca e Arquivo Histórico da Economia

Secretaria-Geral da Economia


  • Recrutamento
  • Reserva de espaços
  • Canal Denúncias
  • Eventos SGE
  • Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental
  • Portugal 2020