Secretaria Geral

E-shoppers Portugueses Barómetro 2019

E-shoppers Portugueses Barómetro 2019

Segundo o E-shoppers Portugueses Barómetro 2019”, realizado pelo DPDgroup, em Portugal, os compradores online regulares geram 81% do volume das compras feitas através da internet. Poupar tempo (86%), gastar menos dinheiro (72%) e reduzir o stress de ir às lojas (67%) são as três principais razões apresentadas pelos e-shoppers portugueses para comprarem online.

Baseado em 25 mil entrevistas em 21 países europeus, Rússia e Brasil, com amostras de 800-1000 por país, o estudo permite concluir que, em Portugal os cibercompradores regulares têm menos experiência que os seus pares europeus, sendo que 47% começou a comprar online há mais de cinco anos (62% na Europa).

Portugal está acima da média europeia nas compras online com recurso ao smartphone, uma utilização comum entre 72% dos inquiridos no país, face aos 64% no resto da Europa. Mais de 83% consideram que as marcas e empresas têm de ser ambientalmente responsáveis, mas apenas 53% se asseguram que compram, produtos amigos do ambiente sempre que possível e 49% estão dispostos a pagar mais por produtos ou serviços que respeitem o ambiente.

A Moda é a categoria que regista maior procura e 11% dos e-shoppers portugueses subscrevem programas de fidelização de retalhistas online. Apenas 6% já devolveram uma encomenda, número abaixo da média europeia (9%). Três quartos (75%) partilharam nas redes sociais o feedback, positivo ou negativo, das suas compras.

Os dados do estudo revelam ainda um alto índice de compras online realizadas no estrangeiro, com 82% dos e-shoppers em Portugal a referirem comprar noutros países da Europa e 70% a mencionarem já ter feito compras em sites chineses.

Relativamente às entregas, 76% dos e-shoppers recebem em casa, 30% no trabalho e 17% em Parcel Shops. Mais de 80% dos inquiridos em Portugal consideram que a entrega da sua última compra online foi fácil, o que os motiva a continuar a comprar em lojas digitais. As informações em tempo real sobre o percurso da encomenda e o momento exato da sua entrega são das maiores preferências.



Fonte: ACEPI

 

 

 

 

 

 

  • Recrutamento
  • Denúncias / Queixas
  • Reserva de espaços
  • Não Paramos. Estamos ON
  • COVID-19
  • Portugal 2020
  • Indústria 4.0