Secretaria Geral

Fundo Portugal Blue seleciona Faber Blue Pioneers para primeiro investimento em economia azul

Fundo Portugal Blue seleciona Faber Blue Pioneers para primeiro investimento em economia azul

Estamos muito entusiasmados com este primeiro investimento do Portugal Blue, que marca uma nova fase de maturidade dos instrumentos de financiamento à disposição da economia azul. Esta parceria terá um papel fundamental na dinamização de alguns dos mais promissores setores e projetos no âmbito do mar. Felicito a equipa do fundo Faber Blue Pioneers, e os seus investidores, desejando-lhes o maior sucesso no apoio aos futuros projetos», disse o Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, na sessão de encerramento do anúncio do primeiro investimento aprovado pelo fundo Portugal Blue.

O fundo Portugal Blue é uma parceria entre o Fundo Europeu de Investimentos (FEI) - braço de capital de risco do Grupo Banco Europeu de Investimento (BEI) -, o Banco Português de Fomento (BPF) e o Governo português, através do Fundo Azul.

O fundo vencedor, Faber Blue Pioneers Fund, que esteve representado por Alexandre Barbosa, da Faber Ventures, e Rita Sousa, do fundo Blue Pionners, investe em startups em fase inicial, desenvolvendo soluções inovadoras de deep tech (tecnologia de profundidades) que contribuem para um impacto positivo na sustentabilidade do oceano e na ação climática.

Investimento privado e inovação

A sessão foi aberta pelo Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, que se congratulou com este anúncio, afirmando que «o programa tem em consideração a posição geográfica do País e o seu significativo espaço marítimo. Visa estimular o investimento privado e atrair a inovação para atividades ligadas ao mar».

No anúncio, que decorreu em Lisboa, estiveram presentes, ainda, o Presidente-Executivo do FEI, Alain Godard, o Vice-Presidente do BEI, Ricardo Mourinho Félix, a Presidente Executiva do Banco Português de Fomento, Beatriz Freitas, e a Diretora-Geral de Política do Mar e Presidente do Conselho de Gestão do Fundo Azul, Helena Vieira.

O Faber Blue Pioneers Fund visa aplicar um montante total de 30 milhões de euros, incluindo financiamento do Portugal Blue, bem como compromissos privados de investidores institucionais com uma estratégia de impacto. São estes a Sociedade Francisco Manuel dos Santos (através do seu braço de investimento Movendo Capital), que esteve representada pelo Presidente-Executivo, José Soares dos Santos, a Fundação Calouste Gulbenkian, representada pela Presidente, Isabel Mota, e a Fundação Champalimaud, representada pela Presidente, Leonor Beleza.

O fundo tem a ambição de investir num portfólio de 20 a 25 empresas em fase inicial, que desenvolvam soluções inovadoras de alta tecnologia com ambição global, em áreas como a biotecnologia azul, inovação alimentar e aquacultura sustentável, tecnologias para a limpeza dos oceanos, robótica e sensores ou a descarbonização de múltiplas indústrias.

Fazer crescer a economia do mar

«As metas que temos para 2030 na recentemente aprovada terceira Estratégia Nacional para o Mar, são aumentar o peso no Produto Interno Bruto, ou no Valor Acrescentado Bruto nacional, de 5% para 7%, e aumentar o peso dos produtos do mar nas exportações nacionais dos atuais 5% para 7%, em 2030», acrescentou o Ministro do Mar.

Um conjunto de indicadores económicos e sociais resultantes de uma parceria entre a Direção-Geral de Política do Mar, o Instituto Nacional de Estatística e outros organismos da administração pública revelam que a economia do mar está a crescer de forma consistente, na última década, com uma concentração nos setores do turismo e da fileira do pescado, seguidos dos serviços e transportes marítimos e portos.

Não esquecendo os setores mais tradicionais, que incluem também os estaleiros e construção naval, a Estratégia Nacional para o Mar 2021-2030 identifica vários setores, ainda relativamente emergentes, como tendo especial potencial de crescimento, nomeadamente a biotecnologia marinha, as energias renováveis oceânicas, a robótica marítima e os serviços de observação da terra.


in
Portal do Governo

2021-10-20

 

 

 

  • Recrutamento
  • Denúncias / Queixas
  • Reserva de espaços
  • Não Paramos. Estamos ON
  • COVID-19
  • Portugal 2020
  • Portugal Digital