Secretaria Geral

«Temos de fazer o esforço de sustentar empresas, emprego e rendimento»

«Temos de fazer o esforço de sustentar empresas, emprego e rendimento»

O Primeiro-Ministro António Costa salientou a importância de retomar a atividade económica sem se perder o que entretanto conquistado e sem dar espaço a uma «crise económica e social brutal».

«Com a mesma determinação com que soubemos conter-nos em casa, temos de fazer o esforço de sustentar empresas, emprego e rendimento, porque sem empresas, emprego e rendimento a economia não cresce, não vive, e a sociedade definha. Se não foi a doença que deu cabo de nós, também não pode ser a cura que dá cabo de nós», disse.

Em Ovar, durante uma visita à Flex2000 na companhia do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e dos Ministros de Estado, Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, e da Administração Interna, Eduardo Cabrita, o Primeiro-Ministro reiterou a necessidade de «lutar pela economia, pelo emprego e pelo rendimento».

«Sinto que muitas pessoas têm ainda receio de sair à rua, de se aproximar dos outros, de tocar em objetos onde outros podem ter tocado, e podem ser contaminados. Todos temos medo e eu não sou mais valente que ninguém. Agora, se não dermos esse passo em frente, vamos manter não só a pandemia, como depois a pandemia vai começando a contaminar tudo o resto», acrescentou.

O Primeiro-Ministro frisou «a disciplina e o sentido de responsabilidade cívica exemplar» dos portugueses e referiu que foi essencial para conter a pandemia e permitir a desconfinamento gradual do País.

António Costa sublinhou a cautela obrigatória para manter a situação sob controlo: «Se no relançamento da economia deixarmos descontrolar a pandemia, vamos perder dois em um: perdemos o que já ganhámos no controlo da pandemia e não ganhámos nada no relançamento da economia».



in Portal do Governo

2020-05-22

 


 

  • Recrutamento
  • Denúncias / Queixas
  • Reserva de espaços
  • Não Paramos. Estamos ON
  • COVID-19
  • Portugal 2020
  • Indústria 4.0