Secretaria Geral

«Temos um desígnio muito forte de fazer a transformação estrutural da economia»

«Temos um desígnio muito forte de fazer a transformação estrutural da economia»

«Temos em Portugal um desígnio muito forte de fazer esta transformação estrutural da nossa economia, alterar o perfil produtivo e incorporar cada vez mais conhecimento e inovação em todos os processos de fabricação, novos produtos de bens, de serviços que criem alto valor acrescentado e que desenvolvam um cluster ainda mais forte para as exportações nacionais serem cada vez mais corporizadas numa tendência sustentável para o futuro», disse o Ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva.

Durante a sua intervenção no 31.º congresso da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), o Ministro afirmou que no âmbito do Programa de Recuperação e Resiliência [PRR], «todos os pilares que têm a ver com a inovação empresarial, com as agendas mobilizadoras, são pilares em que estamos fortemente apostados».

António Costa Silva recordou que no dia 13 de abril terminou a segunda fase do programa das Agendas Mobilizadoras, em que foram recebidas cerca de 64 propostas, com investimento a rondar os 8,4 milhões de euros. «É preciso apostar fortemente nas empresas, na inovação empresarial e na incorporação do conhecimento para a transformação do tecido produtivo», disse.

O Ministro referiu ainda que a Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações tem sido uma instituição «essencial para o País, para fazer a reflexão estratégica sobre a disseminação das novas tecnologias».

O congresso, com a temática Tech and Economics: the way forward, está a decorrer em formato híbrido a partir do auditório da Faculdade de Medicina Dentária de Lisboa.


in Portal do Governo

2022-05-12

 

  • Recrutamento
  • Reserva de espaços
  • Denúncias / Queixas
  • Eventos SGE
  • Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental
  • Portugal 2020